quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O ORGULHO DE SER HETERO

Esse mundo está cada vez mais louco. Fico olhando como as coisas estão mudando de rumo. O feio é bonito, e o bonito, feio. Mudaram mesmo os valores, COMO ESCREVEU Isaías. Ser certo hoje em dia não é uma boa coisa. O bom mesmo, para alguns, é ser devasso ou desonesto. É o que estão dizendo e pregando por ai, o orgulho gay. Mas Deus não se agrada disso. É contra os padrões ensinados em sua Palavra. Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa disso.
Os grupos de homossexuais, se não me engano, da Bahia, faz, de vez em quando, passeatas pelo mundo afora, falando do "orgulho gay". O orgulho de ser depravado, feminino, mas são homens. Deus fez o homem com dois gêneros, um nasce macho, e outra, fêmea. Estava pensando nisso certo dia. Fazem-se passeatas proclamando por aí o orgulho de ser homossexual, por que não fazer uma passeata proclamando o orgulho de ser hétero? Seria uma boa. O orgulho de ser macho. Ser hétero é bíblico, pois Deus fez homem e mulher, e só. O que existe fora disso foge dos padrões bíblicos. Está escrito em 2 Coríntios 6.8,9,10, que os que fazem isso ficarão de fora do reino de Deus. Apocalipse também fala, no capítulo 22. Até cartilhas ensinando sobre esse terceiro sexo, iria ser aprovada, para serem ensinadas nas escolas, às crianças, mas a bancada evangélica foi contra, e isso não foi aprovado. Ainda bem. Devíamos fazer essa passeata, não acham? Os machos deveriam se unir em todo o Brasil para fazerem isso. Aqui, em Recife, se marcaria em um lugar, em Boa Viagem ou no Marco Zero, num dia de domingo. De preferência, um dia de sol. Antes, se convocaria todos que quisessem participar, através da mídia falada, televisada e escrita. No Face, por exemplo. Por que não fazer isso? Os homossexuais não fazem suas passeatas e têm o maior prazer em ser o que são? Podemos discordar disso. Ninguém é obrigado a gostar de nada que não queira. Cada um faz o que quer. Têm esse direito, mas não podem querer que todos achem certo. Vamos nos unir então para que possamos difundir o orgulho de ser hétero, viril. Vamos fazer isso, então. Somos héteros e nos orgulhamos disso. Precisamos difundir essa ideologia também, assim como eles difundem a deles. Isso também é defender a família e as crianças,e o casamento. Vamos tomar as praças com ousadia a nós inerentes; vamos lá, tenhamos pressa, é nossa oportunidade de mostrar o que é certo, natural, que é ser hétero. Foi isso que Deus criou, macho e fêmea. Esse é um orgulho que,  para nós, é muito caro, natural.
Iremos lutar a favor dessa ideologia, nessa cidade, com alegria e a certeza de ser o que nós pensamos. E somos de verdade. Ser hétero. Soa bem esse nome, não acham? Eu falo com muito gosto. Todos precisam também saber que existe um mundo além das fronteiras da ideologia dos narizes dos que pensam em colocar, goela abaixo, certa ideologia. É isso.