O ANO

 A festa desse final de ano transcorreu na paz de Deus. Não tive o que queria, mas o que precisava. A expectativa desse ano é que ele venha, para mim, com inúmeros presentes para me dar, todos bons. Sou teimoso e prefiro acreditar em vitória, pois Deus é quem pode dar mesmo que as circunstâncias digam o contrário, pois ele é absoluto. Então quem controla tudo é Deus e ninguém mais, nem nada.
Que ele nos dê as vitórias prometidas.