segunda-feira, 11 de novembro de 2013

ANIMAIS?

Animalesco.É isso. Animalesco mesmo o que acontece nos terminais de ônibus EM Recife. Por causa de um assento no ônibus  se estranha a própria família. Imagine você com uma criança no braço e na fila de uma linha de ônibus.E boa parte dos passageiros não está nem aí para sua criança de colo. Você na fila. Chega o ônibus e os animais empurram você a ponto de quase cair e ser pisado você e o seu filho pequeno, às vezes um bebê. Não se importam nem um pouco se vão derruba-lo. O que eles querem é apenas um lugar no ônibus. Não se importam se vão matar alguém. Note aí a inversão de valores num grau muito baixo.
Quando chega alguns ônibus, não esperam nem descer.sobem no mesmo instante em que outros descem, e ainda ficam cheios de direito, a ponto de se alguém reclamar, é capaz de levar no mínimo um murro na cara. Deixaram de raciocinar. Se por causa de um mero lugar no ônibus eles desrespeitam seu semelhante, o que não fariam por algo mais valioso? Gente assim me dá medo. Quem não respeita o mínimo, jamais respeitará o máximo. Medo.
E os funcionários do Grande Recife Transporte, que ficam nas paradas impedindo que desrespeitem quem está na fila? Só em existir eles ali ja é algo errado.Se esse povo fosse  ser humano haveria respeito. Mas o homem atual em sua maioria nao pode ser considerado ser humano, pois já não têm a característica de um ser humano. Nem pensa nem existe.
Um dia foi preciso a polícia ir lá para impedir eles, pois estavam ficando onde os ônibus passam. Nem esperam mais eles estacionarem nos seus lugares. ridículo. são gente vindo dos guetos, pois é  o que se tornaram os bairros da periferia após a implementação desse sistema de transporte. Parece que a ideia é dificultar o acesso dos pobres ao centro, aos guetos burgueses, e facilitar o acesso de quem tem carro. É isso.