ALGUSTADAS

Visse a bobeira?
Ninguém, numa sexta-feira
Foi à tua quimera;
Mas a sofreguidão,
É mesmo uma pantera.
Fica na solidão,
Lacrimeja,
Pois vão escarrar em tua mão,
Até quem te beija!