domingo, 22 de março de 2015

O NU DESACATO


O inusitado pegou fogo. Foi no CEGOE, quando tres homens ficaram nus no Campus.
Imaginem a cena. As mulheres, chocadas, não acreditaram. Algumas vomitaram, outras, tiveram enjoôs, enquanto mais outras, correram,após verem aquelas coisas horríveis sem vida.
Certamente ninguém conseguiu estudar mais, pois quem iria se concentrar depois de verem aquela "arte"? Acho que nenhuma.
Se a moda pega, vão tirar a roupa para tudo na universidade. Para pedir que as provas sejam revisadas, para protestar contra a falta de assunto dos professores, da comida do RU, das vagas nos estacionamentos, por causa do calor, do frio, do time que perdeu, do Simpósio que não foi realizado.A lista pode ser grande.
Teve meninas, que, ao dormir, ficaram vendo imagens sórdidas por causa dessa visão absurda.Não conseguiram. Alguns alunos se arrependeram de não terem feito nada na hora. o cara que estava almoçando jogou o almoço fora. Disse que não dava mais para comer. Teve que jogar fora o feijão, arroz, salada, e três salsichas calabresas.
Questionaram que se isso realmente funcionasse para alguma coisa, as praias de nudismo já teriam conseguido alguma coisa.Pode ser.
Fico me perguntando se o próximo protesto será as vias de fato. Vários casais numa cama no meio do pátio, talvez conversando, não sei. Eu gostei das meninas. Todas repudiaram o ato. Elas são lindas e limpas, mentes sadia. Eu não gostaria de ver minha irmã ou minha filha vendo aquelas coisas grotescas ali, soltas. Eu não acharia certo nem se fosse belas garotas nuas também, quanto mais "machos"!Mas as garotas teem mais respeito, não desceriam tanto, acho eu.
Alguém sugeriu que, num almoço de família, chegassem alguns homens e ficassem nus diante de todos na sala; ou no casamento deles, ou num jantar.Talvez uns amigos chegassem e ficassem nus o dia todo diante de seus parentes. Será que veriam com bons olhos? Duvido.
Já tive vontade de fazer um protesto desse, mas dentro de casa;um protesto contra o calor, contra a CELPE,etc. Mas fora, na rua? Nunca no Brasil! Ninguem precisa ver minhas vergonhas, não é amostra grátis. Tenho vergonha. É vergonhoso, isso.Querem fazer isso sem ninguém reclamar? Vão embora pra Parságada!