domingo, 31 de maio de 2015

A TERCEIRA NOITE: O CASAMENTO DE CRISTO

Chegou-se à terceira noite do Congresso das Mulheres, em Recife.Essa igreja é presidida pelo pastor Ailton José Alves, tendo como vice, Ailton Júnior, filho do mesmo. Mais uma vez, Deus falou tremendamente. A igreja, sem a greve dos ônibus, ficou lotada, bonita como sempre. Foi bom ver aquele mar de gente lotando a parte de cima e de baixo. Às 16:00h já estava lotado todo o templo, como de costume.

Estiverem visitando a igreja as caravanas do Setor 4, Vitória; Setor 5, Escada, e os setor 7, que incluem as igrejas de Caruaru, Sta Cruz do Capibaribe, Tejucupapo, Nossa Senhora do Ó, Camutanga, entre outros.
As mensagens dos hinos, no começo, foi dizendo que "é preciso  se preparar, se consagrar, é preciso acordar!" Foi uma bênção. Estiveram presentes os cantores Mirian Mical, da EADAL, ALAGOAS, com sua bela voz de contralto, e o cantor Marcos Junior, da igreja  do Rio Grande do  Norte.
A palavra ficou ao cargo do evangelista Marcelo Telles, de Recife, que pregou no tema do congresso, em Mateus 25.1-13; se referiu às Dez Virgens. Essa parábola é narrada unicamente por Mateus e tem uma mensagem muito forte sobre a vinda de Cristo. Levou  em conta a cultura hebraica da época, onde o casamento era de sete dias. O preletor fez uma alusão ao casamento de Cristo e a igreja, enquanto que, na terra, haverá a Grande Tribulação, onde Deus provará os que habitam na terra. Continuando, ele disse que o noivado já é uma etapa do casamento, e depois disso, o noivo tem total compromentimento com a noiva, e vice-versa. Da mesma forma, Cristo se comprometeu com a igreja, e a comprou com seu sangue, do mesmo modo que o  noivo dava um dote ao pai da noiva, pois a criou com todo carinho e desvelo. Só esse fato, em si, é uma prova do amor de Cristo. Do mesmo modo que o noivo ia buscar a noiva na cas dela, e o cortejo dos amigos do noivo se encontravam com o cortejo dos amigos da noiva, e ambos iam para as bodas, se estivessem com suas lâmpadas acesas, assim a igreja espera Cristo vir nas nuvens buscar sua noiva, com seus anjos, e toda a coorte celestial. Essa esperança deve estar viva, por isso devemos ter nosso azeite pronto. Teles então continuou, dizendo que a sociedade, e muitos na igreja têm perdido a virgindade moral, da ortodoxia, se prostituindo com conceitos filosóficos e anticristãos, a liturgia, da forma do culto. É isso que devemos evitar como igreja, a prostituição e a tudo que contraie a Palavra de Deus. Falou que Deus vai levantar Jeremias para exortar o povo à santidade e a deixar os ídolos e toda a imoralidade dos tempos atuais. Precisamos de profetas da Última Hora, para despertar esse mundo.

Depois da pregação, durante os hinos entoados ao fundo pelo pastor Júnior, que também é cantor, mais de 12  pessoas vieram à  Cristo,  à frente do púlpito, e o aceitaram como Salvador. Foi, então, uma pregação muito poderosa, apesar de não ter pulos, gritos, nem essas papagaiadas que vemos em certos congressos pelo Brasil afora. Em Recife, há comedimento. Mas foi uma preleção ungida, dentro da Palavra, uma mensagem com a hermenêutica e a exegese certa.. Graças a Deus.
Foto: Jackson Amil/RBC
Pela manhã, teve um devocional, é um culto especial, desde às 08:00h, indo até às 12:00h. Vai começar o culto,  neste domingo, às 17:00h, indo até às 21:00h.
Fiquemos atentos, e, os que puderem ir, vá, pois é bom estar no templo. Se não, fiquem em casa e cultuem pela tv. Deus é Onipresente, e vai te ver.