segunda-feira, 24 de agosto de 2015

O GRANDE TEMPLO

Essa discriminação devido a essa construção do templo da Assembléia de Deus de Recife ser cara, nao tem cabimento; primeiro, sabemos que essa igreja nao prega heresias, é ortodoxa, tem sido usada por Deus para abençoar esse estado de PE, tem prestado grandes serviços na sociedade, como alguns projetos sociais, e nao tem fama de ser corrupta, porque nunca foi. A igreja é grande, os cultos festivos sao concorridos e o MP jamais viu alguma irregularidade no uso do dinheiro dos fiéis, pois é bem usado. Seria razoavel essas críticas,se o pastor fosse um ladrão, como o Edir Macedo, ou falsificasse a Palavra de Deus. Mas todo o dinheiro é usado para a igreja, o que os órgãos competentes estaduais têm mostrado. Esquecem que a igreja nao veio aqui para acabar a fome, mas para pregar o evangelho, pois o reino de Deus "não é comida nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no Espírito Santo", como diz Paulo em Rm 14.17. Jesus não chamou a igreja para acabar com a fome, pois os pobres sempre vão existir, embora, quem serve a ele com fidelidade, é cuidado por ele. Sabemos que devemos ajudar quem tem fome, mas sem esquecer que o reino de Deus é um reino espiritual. As pessoas que afirmam que é errado fazer isso, nao sabem nada da Bíblia. Deviam perceber que igrejas constroem templos, o que é óbvio, não é? Se é grande ou não aí é com a igreja. Vejam que o governo nao está entrando com quantia nenhuma, mas, sim, os irmaos; então calem a boca, todos vocês! A igreja tem o todo o direito de construir quanto templos quiser, se é bonito ou feio, não é problema de ninguem, isso é com a igreja, ok? Procurem saber se foi pago alguma propina, se essa igreja tem um histórico de ser corrupta, como muitas aí; depois disso, se houver algo desse tipo, falem, com provas, mas não fiquem com fracos argumentos, agindo com hipocrisia e irresponsabilidade. Quando acharem alguma prova de corrupção, então se pronunciem, que a justiça será feita;mas não achando, engulam o que escreveram e sejam pessoas sensatas, não tolas.