sábado, 9 de abril de 2016

Explicando as pedaladas fiscais: por que são crime e por que prejudicaram exatamente os mais pobres

Explicando as pedaladas fiscais: por que são crime e por que prejudicaram exatamente os mais pobres: Quais foram, portanto, as consequências diretas das pedaladas? Aumento da quantidade de dinheiro na economia (inflação monetária), aumento não-contabilizado de gastos, e subsequente destruição do orçamento do governo causada por essa maquiagem contábil. Quais foram as consequências indiretas? Consolidação do déficit orçamentário em níveis recordes (nada menos que 9% do PIB) por causa do aumento de gastos possibilitado pelas pedaladas, perda do grau de investimento pelas três agências de classificação de risco, disparada da taxa de câmbio, aumento da inflação de preços a dois dígitos, queda da renda real dos trabalhadores (gráfico 14) e, inevitavelmente, aumento da pobreza. Este foi o verdadeiro crime do governo Dilma.