ESQUEÇA JOÃO, ADORE JESUS



Fico observando certas coisas no meio do povo de Deus, distorções do evangelho puro de Jesus. Isso deve ser combatido, seja o que for, e contra quem for.
De algum tempo para cá, algumas pessoas vem fazendo coisas que não é do agrado do Deus vivo, e jamais deve ser aceito por nós, como as festas pagãs transvestidas de evangélicas, como essa do mês de junho, o “São João, o “primo de Jesus”, que hoje é comemorado omo se fizesse parte das festividades cristãs. Nada mais mentiroso.
O que muita gente não sabe, é que quem brinca essa festa, querendo admitir ou não, está comemorando o “São João”, que não tem nada a ver com quem serve a Deus, pois é uma festa pagã. Se o cristão vai a um clube e passa a noite lá, dançando, pulando, e fazendo coisas que sabemos que mundo faz, está em trevas como o mundo está, pois o Deus vivo não compactua com isso, pois não há uma união das trevas com a luz. Já saímos desse lugar, como voltaremos de novo a isso. Isso é profanação do templo de Deus, que somos nós. Deus nos chamou para sermos santos, separados disso. Jesus disse que o diabo nada tinha nele, pois só compreende as coisas dos homens. Jamais isso deve ser aceito como normal. Leiam os capítulos 7,11 e 15 de Jeremias, que versa sobre o sincretismo religioso de Judá, que adora deuses como Baal e outros, e vinham ao templo adorar a Deus. Foram reprovados por ele. IAVÉ é santo, e exige se seu povo santidade. Não brinque o “São João”, é pecado isso. Você estará pondo uma vela no altar de João, e esquecendo Jesus.
Jamais Paulo e os apóstolos ariam isso, pois mo império romano havia muitas festas pagãs como a “Saturnália”, “Bacanal”, em homenagem ao deuses Saturno e Baco. Jamais os apóstolos incentivaram isso como forma de pregar o evangelho, pois isso seria uma distorção dele, já que essas festas eram pagãs, como as de hoje. Não vá atrás dessas falsas igrejas e falsos pastores que incentivam isso. São igrejas caídas, sem Jesus, sem salvação, entregues aos desejos carnais. Havia outras festas como os jogos ístmicos, em Coríntios, muito famosa; no entanto, Paulo jamais incentivou nenhum cristão a participar dela, dizendo que era uma festa para se pregar o evangelho.
Fuja do “São João”, Deus não recebe essa adoração pagã, ele é puro e o evangelho é poder de Deus, e salvação para os que creem (Rm 1.16; Cl 1.26;Ef 3.9;Rm 16.25). Esqueça João, Jesus é infinitamente melhor.