terça-feira, 12 de julho de 2016

ACHADO DE CEMITÉRIO FILISTEU COMPROVA A BÍBLIA





Um achado irá revolucionar essa questão dos palestinos dizerem que a terra de Israel foi sempre deles, o que é uma falácia. Essa terra, desde que o povo de Deus saiu do Egito, pertence a ele, Israel.
Lembrando que nossa fé não depende da arqueologia para ser forte, mas, sim, do que a Bíblia diz, pois assim nos relacionamos com Deus, pela fé bíblica.
Essas mentiras foram espalhadas pelos imperadores romanos, desde o século primeiro, como uma espécie de vingança contra o povo de Deus. Daí os árabes afirmarem que pertencem a eles essa terra. Mas quem lê a Bíblia sabe que não é verdade o que afirmam os muçulmanos e os árabes.
Arqueólogos escavaram as cidades costeiras de Ascalom, e acharam um cemitério filisteu, comprovando que eles habitaram ali, como diz a Bíblia. Exames de DNA serão feitos para comprovar se existe mesmo ligação dos Árabes com esse povo. Segundo a Bíblia afirma, não há nenhuma, pois esse povo filisteu vieram de Creta, ilha grega, e não são descendentes dos semitas, como afirmam os árabes. Na verdade, os árabes descendem de Ismael, e não de outro. Mas uma vez a palavra de Deus é confirmada, o que vai obrigar os muçulmanos a voltarem atrás quando afirmam que vieram dos Filisteus. A expedição que achou o cemitério é a Leon Levy, após trinta anos de escavação.
Essa escavação também comprovou que houve 22 assentamentos ali desde que foi erigida essa cidade. Outras cidades dos Filisteus são :Gaza, Asdode, Ecrom e Gate – onde nasceu Golias. Glória a Deus por isso, que sempre comprova sua palavra.
Todas as vezes que os céticos afirmam que a Bíblia mente, a arqueologia comprova o o contrário. Isso ocorreu com a cidades de Babilônia e Ninive, que afirmaram não existir. Eles sempre perdem. Ha pouco foram encontrados artefatos que comprovaram a existência de Salomão, Davi e Ezequias, atestando, de novo, a veracidade bíblica. Mas a mídia se cala sobre isso, pois é uma prova das verdades de Deus, e até do Cristianismo. Glórias a Deus, que nuca fica sem testemunha. As pedras clamam!
Foram feitas outras escavações :(cf. H. F. Vos, Archaeology in Bible lands [Chicago, Moody, 1977], p. 146) na cidade de Asdode, e achados documentos se referindo ao Egito, comprovando isso, a existência desse povo.
Esses céticos podem tentar o que quiserem, mas jamais vão fazer a Bíblia ser envergonhada. Glória a Deus!