sexta-feira, 14 de outubro de 2016

MAIS UMA HERESIA DO PAPA

 
Mil luteranos foram visitar Roma, e conversaram com o papa, que entre outras coisas, disse que “a Igreja Católica e a evangélica precisam se unir”. Ele esquece ou quer ignorar ,que nós, evangélicos, lavados e remidos pelo sangue de Jesus, somos transformados por ele, e não precisamos nos unir de novo, como ele disse, porque essa união nunca houve. A Igreja Católica começou a existir no século IV d.C. Pedro nunca foi papa e os apóstolos em nenhum lugar fizeram menção, nas suas cartas,de que Pedro era o primeiro papa, e nem sequer os evangelhos falam das doutrinas católicas e dos sacramentos. Se fosse verdade isso que dizem, o livro de Atos seria o primeiro a mencionar algo dessa natureza. Esse papa acha que a questão é apenas política ou cultural. Só um cego como ele não vê que o que caracteriza a igreja de Cristo e a pessoa ser nascida de novo, através da regeneraçaõ pela palavra (Tt 2; Jo 20 ). A cegueira desse homem em achar que nós vamos deixar de adorar ao Deus vivo para adorarmos ídolos mortos, é muito grande.Adoramos o Deus Todo-poderoso, que fez os ceus e a terra, e não pessoas mais pecadoras que nós, os quais precisam aceitar a Jesus como salvador.
De vez em quando esse indivíduo diz suas pérolas, verdadeiras aberrações teológicas, contrariando a Bíblia e a Deus.