PARA QUE SERVE A ESCOLA DE OBREIROS





Alem de servir para ensinar os obreiros a prestarem um bom serviço a Cristo e à igreja da melhor forma possível, ela serve também para ajudar a igreja a ter comunhão com os irmãos de longe, das igrejas mais afastadas do estado, para saber como anda a obra de Deus, para que os irmãos tenham contato com outos pastores, saber de suas experiências, e, assim, a igreja se fortalece com o que Deus faz no Sertão do estado, e em outras partes dele.
Serve também para os pastores do interior prestarem contas ao pastor presidente, é uma oportunidade de eles contarem como vão as coisas diretamente ao pastor. E eles também precisam ter esse momento de levar os seus filhos para conhecer a igreja sede, sair um pouco do lugar, no qual sua família passa o ano todo, e às vezes só tem a EBO para aproveitar e sair um tempo do lugar onde passa o ano inteiro. É um pouco de “alívio”, de ver um lugar diferente. A igreja precisa dessa troca anual. Tanto as igrejas da sede, da capital, quanto as do interior e Sertão. Todos precisamos. Lembro de Paulo, que pecisava passar em Roma, afim de “repartir um dom espiritual” com a igreja.
Os novos convertidos precisam conhecer os pioneiros da igreja, seus testemunhos e os milagres que acontece em suas vidas. Isso fortalece a fé deles. Tanta gente pensa que sofre, que tem tanta experiência, mas Deus sempre tem algo para mostrar para nós. Sempre está fazendo algo diferente na vida dos seus servos.
Para que a igreja veja ao vivo onde está sendo investido o dinheiro dela; tanto o que entra aqui, quanto o do interior. Tudo é investido na obra. Não há mais obreiros passando fome nas Assembleias de Deus de Pernambuco. Em ouvir o pastor falar pela rádio ou TV, e ver ao vivo, faz muita diferença.
As mulheres dos obreiros do interior trocam experiências com as mulheres daqui. Assim, nasce amizades, os laços se fortalecem, e Deus vai chamando outros para a obra.
Enfim, a EBO serve para o fortalecimento da fé dos irmãos, da comunhão, e para trocar experiências entre eles, alem de fazer com que a igreja cresça na graça como um todo.

por J.Lou