TEORIA SOBRE DORILMAS


Quando sair da Rural, vou sentir saudades de muitas coisas, e muitas delas me marcaram, ou pelo menos, me espantaram.Pessoas, cadeiras, eventos, como a professora Dorilma, em suas mais diversas faces.
A primeira vez que vi Dorilma, pareceu-me que que tinha um raio na mão, para fulminar quem quisesse, fosse pelo meu medo de professores, pois, se você não sabe, tenho teacherfobia, medo, jamais aversão, de e a professores. Traumas mesmo. Parecia tão firme,dessas que fulminam os alunos menos capazes.
A segunda vez que vi Dorilma, pareceu-me bem mais sutil, dessas que são duras por fora, moles por dentro. Depois disso, eu adejei sobre a face da Rural.
Percebi que ela não é uma só, mas várias.Ao longo do tempo foi sendo mudada, e acrecentada mais uma para fazer parte das varias Dorilmas que estão presas dentro dela. Nós não somos um só, mas vários ao longo do tempo.Muitos até. Conheço várias Dorilmas.
Ela é uma alma que não envenheceu, um programa que não ficou obsoleto, uma teoria nunca desmentida.Dorilma.
Ela tem espirito de adolescente, mente de professor, e sentimentos de uma amante.Dorilmas.