quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

AOS PREGADORES


Depois de ver tanto os pregadores falarem nos púlṕitos de algumas igrejas onde tenho ido, percebi que há um péssimo costume, atualmente, de alguns deles querer mostrar uma erudição que não têm.
Isso, acho, começou com o advento das Bíblias de estudo (caríssimas por sinal) não se preocupam mais em ler nada, nem pesquisar. Nem a Bíblia toda a maioria deles não lê. Infelizmente é assim. É ridículo um pregador, tenha ele o cargo que for, ir pregar e, ao invés de falar o que realmente ele  aprendeu da Bíblia, fica lendo as Bíblias de estudo. Isso aí qualquer um pode fazer. É preciso estudar, ler, saber ensinar, ter conteúdo espiritual principalmente, revelação de Deus. Foi isso que Paulo ensinou a Timóteo, ao dizer que “toda escritura é poderosa para ensinar...” Mas os pregadores têm preguiça de ler ela.
Ficam querendo impressionar a igreja dizendo palavras difíceis, que nem ele mesmo sabe o que significa. É uma falsa erudição essa. Vão orar, pregadores, e, depois, se tiverem dinheiro, vão comprar bons livros, dicionários, e enciclopédias bíblicas, e um dicionário da língua Portuguesa. É importante isso, se você é um estudiosos da Bíblia. Ajuda muito a entender. E a mensagem, deixe que o Espírito Santo, o ensinador supremo, lhe guie nisso (Ez 2.8; Jr 15.20; 1 Tm 3.15; 2 tm 3.16). Fale a Bíblia com verdade, sem se desviar para direita ou para a esquerda. Seja verdadeiro. Sem medo de ninguém, nem de nada, como Isaías, que falou a verdade, Jeremias, Oseias, Amós, e todos os apóstolos, os quais sofreram, e não baixaram a cabeça para nenhum sistema, nem governo nem nada.
Não esperem elogios depois de pregar uma mensagem; a estrela não é você, é Deus, então pare com essa vaidade sua. Não faça palhaçadas no púlpito. Se não tem unção, não precisa preencher com essas coisas. Deus é śerio, sua palavra também, não fique fazendo suas “graças” com a palavra santa.
Não imitem pregações dos outros, nem o jeito de falar de outros pregadores, peçam a Deus, e ele lhe dará sabedoria também. 
Assim, Deus lhe ajudará com o talento que ele lhe deu, com suas ferramentas.