PETRA OU PETRUS, ONDE SE FIRMA A IGREJA?

Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
Mateus 16:18





Nunca dois substantivos no grego causaram tanta discurssões sobre quem é, na verdade, o líder e o baluarte da igreja, do modo como esses dois substantivos PETRUS e  PETRAS, com significados bem distinto, causam.
Petrus é pedrinha, ou fragmento de pedra, no grego koiné; Petra é uma rocha grande. Claro que Jesus é essa rocha, no qual a igreja esta firmada. Por isso que não podemos concordar com essa interpretação romana, de que Pedro é a base da igreja. Nunca foi, tanto Pedro, como nós, somos fragmentos de pedras usados por Deus, mas fazemos parte da igreja de Cristo. É contra ele, a confissão de Pedro, que as portas do inferno não prevalecerão, e não contra Pedro. Ao contrário, Jesus foi traído por Pedro, e o mesmo falhou feio. A igreja jamais poderia estar firmada em um ser humano, pois ninguem jamais venceu a morte, o diabo, e o mundo, só Cristo, o Messias.
Além do mais, além de Gálatas 1.18, não se fala mais em Pedro nas cartas Paulinas. Pedro foi missionário em Samaria, com Filipe, e ele nao foi pastor em Jerusalem, mas Tiago, irmão do Senhor, como deixa claro Atos 15, onde foi decidido, nesse primeiro concílio, sobre costumes e doutrinas.
Portanto, meus irmãos, é Petra, e não Petrus, a nossa rocha.