QUAL A ORIGEM DOS DEMÔNIOS?

A Angelologia, na Teologia sistemática, é Doutrina dos Anjos, e estudada em todos os seminários teológicos, quer evangélicos, quer católicos. É uma doutrina bíblica, e de grande importância para o conhecimento bíblico, e acerca do reino de Deus e da sua obra, e a igreja.
Essa doutrina não estuda só os anjos, mas, também, os espíritos maus em geral. Num desses estudos está a origem dos demônios, que foram e são enfrentados pela igreja até hoje. Desde que Jesus começou seu ministério enviou os setenta para pregar a palavra.
Agora, a questão é: de onde vieram os demônios?Alguns teólogos, como Bancroft, diz que, talvez, eles são espíritos que existiram antes do ocorrido no que diz o versículo dois do capítulo um de Gênesis,onde houve um grande cataclismo, e as pessoas, que nesse tempo existiam, as quais também se juntaram a Satanás contra Deus, perderam seus corpos, e vivem até agora assim, a serviço do diabo e fazendo com que as pessoas fiquem sobre o domínio deles. A opinião do teólogo Bancroft e outros, é que era outra raça de seres vivos, e Deus deixou que eles ficassem vagando. Mas a Bíblia não dá apoio a isso, e essa questão fica em aberto, e só saberemos no final dos tempos. Mas há outros teólogos que afirmam serem os demônios anjos caídos, e que se apossam das pessoas para fins diversos, o que a Bíblia afirma.
Os demônios são seres distituídos de corpos, ao que parece, são inteligentes, são maus em sua natureza, e são muitos em número. Eles se apossam dos corpos das pessoas, e trazem impureza moral (Mt 8.28; Lc 4.33,36;Mc 5.8,11-13;AT 87).
Há pelo menos, quatro fases na relação do demônio com os seres humanos:  tentação, obsessão,crise ou transição, possessão. Na primeira, é apenas sugestão espiritual, e tanto os crentes quanto os não-crentes estão sujeitos; a segunda, é fruto da entrega gradual e frequente da pessoa às tentações demoníacas; a terceira é uma luta pela posse definitiva da pessoa, quando o indivíduo resiste ao demônio, e pode até ser bem sucedido. A última é possessão, quando a pessoa fica totalmente entregue ao poder demoníaco, onde ocorre o paroxismo, quando ela perde a consciência e o demônio toma conta (Mt Mt 9.32,33; Mc 5.4,5;Lc 9.37-42; Mt 10.1;Mc 5.2; Ef 2.2; 2 Pd 2.10-12; Ef 6.10-12; 1jO 4.1; Ef 4.17-27; Mt 15.22-28;Tg 4.7; Ef 4.26,27; Mc 9.17-27; 5.2-13).
Então, é bom conhecermos essa doutrina de modo sistemático, afim de estarmos prontos para a batalha.