O BRASIL TENTOU TER UMA BOMBA ATÔMICA


Quem diria que o Brasil chegasse a isso. Para quem não sabe ainda, documentos descobertos, mostram que o Brasil iniciou testes nucleares com a ajuda de Sadam Hussein, na década de 90, século passado.
Em 1990, COllor jogou uma pá simbólica em um poço de 320 m, na Serra do Cachimbo, Pará.Essas informações foram dadas pelo jornalista Roberto Godoy, especialista em assunto de defesa.
No regime militar, nosso país exportou toneladas de urânio para o Iraque, pois tinha um acordo com Sadam Hussein, escondido, claro, a sete chaves. Em troca, o Iraque teria ajudado o Brasil nessa tecnologia, a ponto de poder ter uma bomba atômica.
Embora a constituição de 1988 proibisse uso dessa tecnologia para fins bélicos, não sei porque isso,o esforço paralelo dos militares fizeram tudo para que, ao menos, o país desenvolvesse uma tecnologia desse tipo.
José Carlos Santana, ex-presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear no governo Collor, portanto, essa informação é de alguém que conheceu de perto todo o esforço para se ter essa tecnologia.
Por isso, hoje, o Brasil detém o ciclo de produção de combustível nuclear e está construindo seu primeiro submarino com propulsão atômica. Essas informações, até agora, ficaram escondidas de todos, e começou a vazar depois do trabalho da Comissão da Verdade, que vem trazendo à luz muita coisa  sobre isso, e até o Wikileaks tem jogado muita coisa para elucidar tudo isso. O governo Geisel fez muito esforço para conseguir tal tecnologia.
Essa cobiça do Brasil por esse conhecimento, envolveu bastante espionagem internacional, que envolveu a CIA, e outras agências.
A pergunta é até quando a população ficará enganada, e não saberá de toda a verdade?